Saúde

Coceira na Vagina: Saiba o que pode causar e como tratar!

Coceira na Vagina: Saiba o que pode causar e como tratar!

Todo tipo de coceira é incômoda, e quando a coceira é na vagina é ainda pior, porque além do incômodo, não podemos coçar em qualquer lugar para aliviar aquela sensação. Por isso, quanto antes você descobrir o que está te deixando com coceira na vagina e iniciar o tratamento, melhor.No artigo de hoje vamos falar das causas mais comuns da coceira na vagina, que pode ser causada pelo período menstrual, mas também pode ser sintoma de problemas mais graves, além de poder existir vários outros que só um médico é capaz de identificar e tratar, por isso, é importante reforçar que esse artigo é apenas informativo e não substitui a consulta médica. Também vamos ensinar alguns tratamentos caseiros para você conseguir aliviar essa irritação e diminuir os sintomas até conseguir falar com o seu médico.

O que pode ser?

Como dissemos, vamos citar as causas mais comuns para a coceira na vagina, mas não são as únicas, e por isso, a consulta a um médico ginecologista é indispensável.

  1. Alergia ao sêmen, que é uma doença rara, e acontece cerca de 10 a 30 minutos depois da relação sexual sem proteção. É acompanhada de vermelhidão, inchaço e sensação de queimação na vagina.
  2. Câncer da vulva ou da vagina pode causar (muito raramente) a coceira vaginal.
  3. Candidíase vaginal, que geralmente é identificada por uma coceira intensa e vem acompanhada de ardência, corrimento (sem cheiro) e vermelhidão.
  4. Clamídia, que é a DST (Doença Sexualmente Transmissível) mais comum do mundo, mas que só 10% das mulheres apresenta sintomas, como a conceira na vagina, dor durante o sexo ou ao urinar e sangramento vaginal.
  5. Dermatite de contato, causada pelo uso de produtos químicos irritantes, como camisinha, sabonete, cremes vaginais e outros.
  6. Falta de higiene ou uma higiene inadequada, que pode causar a proliferação de bactérias ou fungos que causam a coceira na vagina.
  7. Gonorreia, outra DST  que causa coceira vaginal e dor durante o ato sexual ou corrimento vaginal purulento quando existe infecção no colo do útero.
  8. Líquen escleroso, uma doença crônica que acontece depois da menopausa e é caracterizada por uma camada fina, branca e enrugada nos lábios vaginais menores e/ou nos lábios vaginais maiores.
  9. Menopausa.
  10. Pediculose pubiana (conhecida popularmente como chato) é uma doença contagiosa que não causa corrimento.
  11. Tricomoníase, que também é uma DST, caracterizada por um corrimento amarelo-esverdeado de odor desagradável e dor na hora de urinar e durante o ato sexual.
  12. Vaginose bacteriana, que causa coceira leve e corrimento com cheiro forte.

tratamento coceira na vaginaComo tratar coceira na vagina?

Como falamos, a coceira na vagina pode ser causada por vários fatores diferentes, e por isso, o tratamento pode variar bastante, dependendo do diagnóstico. No entanto, é comum tratar a coceira na vagina com medicamentos orais ou tópicos, como cremes e pomadas, por exemplo.

Eu preciso ir ao médico?

Sim, principalmente se essa coceira na vagina durar por mais de três dias e estiver acompanhada de outros sintomas como corrimento e dor ou ardência ao urinar ou nas relações sexuais.

Apesar de a gente ter falado sobre várias possíveis causas da coceira na vagina, só um médico é capaz de dar um diagnóstico certeiro e indicar o melhor tratamento para eliminar o seu problema.

coceira na vaginaTratamentos caseiros para coceira na vagina

Como a candidíase é um dos problemas mais comuns da coceira na vagina, vamos começar a nossa lista de tratamentos caseiros falando de uma mistura de ervas usada para lavar a região, que é feita fervendo o alecrim, sálvia e tomilho em 400 ml de água e deixando descansar por 20 minutos. Essa mistura tem propriedades antimicrobianas, inibindo também o crescimento excessivo de fungos, além de ajudar a regenerar a mucosa da região.

Outra opção é fazer um banho de assento co vinagre de maçã, para combater as bactérias e fungos, que são uns dos maiores causadores da coceira na vagina. Basta ferver a água para uma bacia de água, esperar esfriar até a temperatura ambiente e acrescentar 1/2 xícara do vinagre de maçã. Fique no banho de assento com as pernas bem abertas até a água esfriar, por até 3 vezes por dia.

O chá de calêndula (ou mal-me-quer) também pode ajudar a reduzir a coceira na vagina. Ferva um copo de água e adicione uma colher de calêndula seca e deixe em infusão por 10 minutos. Tome no máximo 3 vezes por dia.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *